Como Amam as Pessoas Narcisistas

Compreenda os truques das pessoas narcisistas para poder se defender

Imagem de Ben Kerckx por Pixabay

Características da Pessoa Narcisista

Infelizmente uma pessoa com distúrbio de personalidade narcisista não apresenta empatia, apesar de conseguir SIMULAR a empatia. Por isso,ele pode parecer mais empático até do que uma pessoa que realmente tem empatia.

A pessoa narcisista simula tanto o amor e a empatia que até o suposto amor que tem por si mesmo é uma simulação. Isso porque ele não tem amor genuíno nem por si mesmo. E, consequentemente, a pessoa narcisista não tem amor por nenhuma outra pessoa.

No espectro da empatia está muito perto de um psicopata ou sociopata porque só vê suas próprias necessidades. Porque só foca em como tirar proveito de uma relação para seu benefício próprio. Enquanto só vê como usar a outra pessoa para levantar o próprio ego e compensar a falta de amor próprio genuíno.

Relacionamentos da Pessoa Narcisista

Imagem de Adina Voicu por Pixabay

A pessoa narcisista segue um padrão de comportamento típico e invariável dentro de um relacionamento. Esse padrão está dividido em 3 fases:

Primeira Fase: Explosão de Amor (“Love Bombing”) ou Fase do Aspirador:

Essa é a fase da conquista.

Na primeira etapa a pessoa narcisista usa todas as técnicas possíveis para gerar afeto e dependência. Manipula o outro para acreditar que está verdadeiramente apaixonado, amando e que é o salvador, o cavaleiro da armadura brilhante ou a mulher perfeita para a vida daquela pessoa.

Em alguns casos, a pessoa narcisista finge com tanta precisão que chega a acreditar em sua própria mentira. Por isso a pessoa narcisista chega a crer que está apaixonada e que você é a pessoa mais importante da vida dela. É uma fase de idealização tanto para a pessoa narcisista quanto para sua vítima.

Quando a pessoa narcisista atribui a outra pessoa tanta importância, se torna mais manipulador ainda porque alguém tão importante assim precisa ser controlado. Então “joga nas onze”, resolve todos os problemas da vida da pessoa, está sempre presente e pode desenvolver um ciúme tóxico também.

Segunda Fase: NORMALIDADE E INVALIDAÇÃO

Essa é a fase do desencanto.

Nessa etapa a pessoa narcisista descobre que sua vítima é um ser humano normal que tem qualidades e defeitos, não aquela criatura idealizada que tinha inventado em sua mente.

Então a pessoa narcisista começa a ver esses defeitos, só que muito maiores e mais intensos do que são, enxergando-os como praticamente insuportáveis.

Daí começa o processo de punir a outra pessoa por ter esses defeitos. A pessoa narcisista começa a ficar em silêncio ou some do nada.

Culpa a outra pessoa por tudo. Não assume jamais nenhuma responsabilidade de seus próprios erros e nem co-responsabilidade pelas ações de que participou ou das coisas que deixou acontecer.

Começa também a desvalorizar a pessoa “amada”, deixando a pessoa confusa com manipulação, fazendo sentir culpa pela relação estar mal.

Faz gaslighting, tentando fazer a outra acreditar que imagina coisas, que vê problemas onde não existem e, se funcionar, acaba fazendo a pessoa se achar louca.

Terceira Fase: DESCARTE ou Uma Nova Busca

Nessa fase duas coisas podem acontecer:

1 – A pessoa narcisista encontra outra pessoa “perfeita” para levantar o ego e descarta a pessoa com quem estava se relacionando (nesse caso pode começar como traição primeiro, antes do descarte).

2 – O narcisista inicia novamente o ciclo com a mesma pessoa, começando a ver qualidade nela novamente, achando perfeita, seduzindo de novo etc… Todo o processo recomeça. É a chamada fase do “aspirador” em que a pessoa narcisista procura atrair sua vítima de novo para recomeçar o processo.

Em alguns casos AS DUAS COISAS ACONTECEM, ou seja, ele trai a pessoa com quem está se relacionando com uma nova que levanta o ego. Ao mesmo tempo, “reconstrói” o relacionamento com a pessoa com quem já está.

Estou me relacionando com uma pessoa narcisista, o que devo fazer?

Imagem de Oliver Kepka por Pixabay

O Transtorno de Personalidade Narcisista (DSM-5) é considerado sem cura pela Psiquiatria, tanto quanto a Psicopatia. Inclusive muitos psiquiatras consideram mais fácil tratar psicopatas do que narcisistas, então isso simplesmente nunca vai acabar.

Portanto a melhor coisa a se fazer é sair da relação antes que sua saúde mental fique severamente prejudicada e bloquear qualquer contato possível.

Quando você se relaciona com um narcisista é difícil de sair porque na primeira fase (explosão de amor), o narcisista te faz sentir amado(a) como você nunca foi. Narcisistas são tão bons nisso que proporcionam experiências afetivas, sexuais e de cuidado que você provavelmente nunca teve.

Então, para realmente sair disso, pode ser que você precise de um terapeuta ou um profissional experiente de aconselhamento para conseguir porque vicia como cocaína.

O Sexo com a Pessoa Narcisista

Imagem de stokpic por Pixabay

Narcisistas usam o sexo com dois propósitos:

1 – Masturbação com uma Pessoa

Eles usam a outra pessoa pra ter prazer da forma que quiserem. Nunca, jamais, criam CONEXÃO. São como viciados em sexo, pornografia ou masturbação, só que, ao invés de usar as mãos, usam outras pessoas.

2 – Controle

Narcisistas procuram VICIAR a outra pessoa no sexo que eles fazem, então, além de fazer suas próprias vontades, também descobrem as coisas que dão mais prazer, melhores orgasmos e sensações boas mais intensas ao outro. Eles criam uma sensação na vítima de que só eles são capazes de transar daquele jeito.

Narcisistas NUNCA fazem AMOR, jamais. Eles não conseguem se conectar. Mas eles fingem tão bem o amor durante o sexo que se torna realmente viciante. Essa sensação de controle sobre a outra pessoa é o ápice do prazer para o narcisista.

Em alguns casos, quando a vítima está completamente submetida ao controle da pessoa narcisista, ela elimina totalmente o sexo da relação como forma de invalidação da vítima, fazendo se sentir sem nenhuma atratividade e detonando o amor próprio e a autoestima da vítima. Mas isso requer uma vítima MUITO reativa com emoções muito intensas.

Conclusão

Imagem de mohamed Hassan por Pixabay

Se você se identificou como narcisista, procure terapia (de preferência uma terapia comportamental) para tentar ser mais humano. Existem muitas maneiras positivas e boas que se pode usar as qualidades naturais do narcisista para o bem (sedução, capacidade de conquista, manipulação para o bem, etc…)

Por outro lado, se você não é narcisista, mas percebeu que está se relacionando com uma pessoa narcisista ou, pior, que sempre atrai narcisistas para sua vida, também sugiro que procure terapia com mais urgência ainda.

Nos dois casos, procure alguém com expertise ESPECÍFICA em lídar com transtornos da categoria B (bipolar, borderline, narcisismo, psicopatia) e não um terapeuta genérico.

Aprenda com suas más experiências e cresça. Como eu sempre digo, se você não curar isso agora, o próximo pode vir pior ainda…

91 comentários

  1. Olá Mauro bom dia!
    Realmente vc descreveu muito bem um narcizista, o único problema que só descobrimos depois do estrago que essas criaturas fazem em nós seres humanos. Eu tinha uma vida tranquila e enquanto ele não me conquistou e me desequilibrou não sossegou.
    Fui tão humilhada e não entendia o porquê. Quase tentei o suicídio. De tanta vergonha e culpa por ter me envolvido com esse monstro.
    Achei perfeito sua postagem. Obrigada.

    1. É exatamente desse jeito. São pessoas perfeitas. Não são nem príncipes encantados, são mesmo REIS. Mas depois que a máscara cai, vemos que são só bobos da corte. E vivemos um luto dificílimo. Mas posso te garantir que é possivel superar, Simone.

      1. Olá bomdia, sou casada 15 anos com um narcisista, e só descobri recentemente, após descobrir uma traição, fiz um ano de terapia, e juntando os fatos identificamos o perfil dele,mesmo assim não acabei o casam nti com intuito de restauração, vc acha possível ter uma vida conjugal com ele?

        1. Há narcisistas que não tem inclinação para o adultério, mas quando eles tem essa tendência, é quase impossível que se regenerem. Quando nos relacionamos com narcisistas, JAMAIS nos relacionamos com uma pessoa de verdade, somente com o PERSONAGEM que eles criam pra gente. Então eles são bastante capazes de FINGIR que mudaram, se redimiram etc… Mas as chances reais são bem baixas.

          1. Na minha opinião o narcisista sempre tenta obter suprimento de diferentes vítimas através do sexo.
            Se consideramos adultério só a relações sexuais física,o narcisista pode não chegar a isso por medo das consequências.
            Porém hoje em dia existem as redes sociais,o que facilita bastante uma traição a distância .

          2. É exatamente assim. A pessoas narcisista tem uma vítima principal e várias outras vítimas “orbitando”. E realmente com as redes sociais, muitas dessas vítimas estão à distância, então a pessoa nem precisa oferecer sexo real, só virtual.

        2. E possível sim,se houver alguma renuncia da sua parte em certas questões,pois que o seu parceiro não vai mudar,mas claro conversando abertamente sobre os aspectos que não agradam a ambos e se ambos concordarem em corrigir algumas coisas,pode ser funcionar bem e serem felizes e vivam alegres sempre

  2. Passei por todas essas fases, como vítima. É impressionante o quanto me identifiquei com o texto. O autor conseguiu reproduzir fielmente a conduta do Narcisista. Cuidado com eles!.O estrago na minha vida foi enorme!.Parabéns!

    1. Frank, narcisistas realmente conseguem destruir nossas vidas e, pior que isso, “instalam” em nós o esquema mental da codependência que, mesmo depois de terminado o relacionamento, é difícil de se libertar. Fica firme no seu processo de desenvolvimento pessoal.

      1. não tenho relacionamento com uma mas ,me apaixonei por uma e ela fica se alimentando dessa paixão,ela diz gosta de mim como pai ou parente mas faz charme conversamos eu 63 anos ela 37 ,foi temos esse relacionamento e ela relatou que teve crise de anciedade e de pânico, mas na verdade e narcizista , não vivo com ela mas trocamos idéias e temos afinidades aparentemente sei que ela disse que não e amor pois não sente desejo sexual ,mas eu sinto ela sabe ,eu logo no primeiro mês de conhecimento decrarei minha paixão, más ja estou entendendo mas não pretendo me desligar completamente por não ter envolvimento direto esta mais na fase de reconhecimento e aprendendo com esse problema ja sei que não vou levar a serio esse relacionamento mas tenho apego grande por ela não faço os gosto dela ja brigamos muito por isso mas nem beijamos ainda sóespectativas,devido minha idade sou paciência e não parto para ignorância sei que corro riscos mas como ja descobri essa doença fico na minha mas tenta me manipular mas agora tô resistente ,e quero so ver ate onde ela vai .

          1. Um narcisista na busca do extase estraido do sexo pode se tornar pedifilo, conheço um que se masturba 8 10 vezes por dia, viciado porno, ja falou que sobre mulheres nao tem biotipo que o enteresse, gosta de corpos só isso

          2. Me afastei depois de 31 anos de um casamento unilateral, de inúmeros descartes e esses às vezes sutil, de solidão, de invalidação e de tantos outros sofrimentos, eu e minhas filhas ficamos adoecidas. So consegui sair com ajuda terapêutica, na terapia me fortaleci para cair fora. Continuo estudando o tema e obrigada por todo esclarecimento contidos nesse texto.

  3. Me identifiquei muito no sexo com meu ex narcisista, mais sei.que não sou narcisista, posso ter algum nivel de ninfomaniaca se é que tem niveis assim como narcisismo?

    1. Uma coisa pode ser independente da outra. Teria que ter mais informações para fechar algum diagnóstico.

      A pergunta fundamental é: isso te incomoda? Causa alguma dor ou dificuldade? Se sim, então é algo que precisa tratar, se não, então só seja.

    2. 3 meses do meu término e só agora fazendo terapia descobri que o problema que ele sempre teve é ter transtorno narcisista, por tudo que li a respeito, ele fez igual comigo, a forma como me conquistou, como foi se afastando, sumia, mal conversava, me manipulava fazendo com que eu pedisse desculpa por erros dele. Falta de empatia, mentiras e prováveis traições.
      O estrago dentro de mim foi grande, está sendo difícil de me desligar, mesmo sabendo de tudo ainda tem dias que sinto falta e saudade!
      Não tem sido fácil!

        1. Eu descobri a 2 dias que estava em um casamento com uma narcisista , eu tentava de tudo pra fazer dar certo e sempre pedindo para que ela voltasse a ser quem era no início aquela mulher gentil , atenciosa melhor sexo da vida, mas nunca tinha resposta dizia sempre que a culpa dela ter perdido o interesse era minha , todas brigas ela achava um modo de me colocar como culpado de tudo , ficava sem sexo mais de mês e qndo ia tentar algo recebia sempre a resposta não ? Tentei compensar “minhas culpas” com presente , lipo , carro e tudo mais em buscar de tentar fazer com que ela voltasse a ser quem era pq tudo era culpa minha, enfim sai de casa com mão na frente outra atrás , conheci alguém que passou pela mesmo situação e ela me alertou , hoje vejo o qnto estou doente , precisando de ajuda de vdd , ela acabou c minha auto estima e sou um cara apresentável , porém de alguma forma fazia questão de me jogar no fundo do poço mesmo fazendo de tudo pra agradar pagando tudo e fazendo tudo pra apenas buscar um sorriso de gratidão por ela , algo que nunca fez, enfim sai , não é fácil estou em uma luta diária pra não cair nas garras dela denovo . Gente isso é muito sério qndo agente descobre é assustador , pensei em né matar por me achar uma pessoa horrível

  4. Fico me perguntando se meu ex é narcisista, enquanto eu tava com ele ele parecia um principe encantado, era perfeito em todos os sentidos, de repente começou a me deixar de lado.. mal, insegura e eu sentia que era tudo culpa minha coisa da minha cabeça… ele terminou como se eu fosse a louca, como se eu tivesse sufocando ele (sendo que eu nunca fui ciumenta, só pedia o minimo) ele me deixava super insegura, e terminou como se eu fosse a errada.
    Terminou me excluiu de tudo ate meu telefone, minha familia, nossa 4 meses juntos e me descartou totalmente, 26 dias de término ele nunca tocou no meu nome pra familia nem falou do término nem nada, parece que eu nunca existi na vida dele, ne parece que eu namorada um cara ”perfeito” que jurava que me amava, fez de tudo pra me conquistar e vivia dizendo que nunca ia me abandonar…

  5. Bem difícil!
    Sabe aquela história de “médico e louco’ todos nós temos um pouco? Então eu vejo estes traços em quase todos os meus relacionamentos inclusive com minha mãe (falecida). Eu me pergunto se sou narcisista ou por ter tinha uma criação só me apaixono por gente assim. As vezes sou vítima mas será que já fui o “vilão””? Eu fico assustado com tudo isso. Sou viciado em sexo quando encontro a parceira ideal, tenho um desejo fora do comum, mas TB já me relacionei com pessoas que não me despertava nada disso. Será que essa pessoal ideal é uma narcisista me manipulando? Eu tenho convicção que amo incondicionalmente e tenho empatia, mas pelo visto eu posso estar apaixonado por uma idéia e me enganando. No fim eu avalio o caráter das pessoas pq quem é perverso é perverso sempre mesmo não sendo narcisista. E se o narcisista for “bonzinho” existe isso? Ou seja não faz mal a ninguém quando é compreendido e ficamos “imunes” à tentativas de manipulação e chantagem. Bem realmente é um assunto muito complicado pra mim. Não estou entrando nos detalhes de nenhum dos relacionamentos que eu tive e nem nos comportamentos das pessoas. Pq eu vejo muita semelhança nos perfis em que eu me relacionei. Mas será que a culpa é minha? Elas sempre me fizeram me sentir culpado e no fim era eu pedindo desculpas até pq eu não queria mais prolongar a situação de desconforto emocional.

  6. Obrigada pelo texto. Estou vivendo o descarte. Foram 7 anos de muitos altos e baixos e muito sofrimento. agora ele esta com outra vitima assumindo em redes sociais mas fez triangulação ficando com as duas eu não sabia..me bloqueava e passava o fim de semana com ela e voltava na segunda… meu deus.. que sofimento esses ultimos seis meses foram um inferno. E aindo fico na esperança de encontrar uma brecha de mudança. Inacreditável como todas essas fases sem entender. Me culpando sempre.. me sentindo inutil. um jogo … eu virei a louca da história. Não conhecia o narcisismo. agora leio muito e preciso sim de ajuda. Nunca mais quero essa experiencia na minha vida. quero meu amor próprio minha alegria, minha saúde mental… quero de volta tudo que ele roubou de mim para usar como espelho. Não sei como fui me envolver ..sou tão independente…batalhadora..crio 3 filhos sozinha… isso foi uma traição,,,me usou… acreditei nele e fui traída. demonios..são literalmente demonios…

  7. Tive relacionamento com um narcista, depois da fase do encantamento, não estava mais nem aí comigo, mentia, fazia gasling, tinha outras e dizia que eu estava louca,quando consegui provar me descartou no meu aniversário como se eu fosse nada sem me dar explicação e iniciou o tratamento de silêncio, não permitindo diálogo

    Nunca pediu desculpas, estou completamente traumatizada, principalmente o tratamento de silêncio me traumatizou demais

    1. Narcopatas nunca sentem culpa ou arrependimento. Eles REALMENTE acreditam que não fizaram nada de mal. Para a grande maioria dos psiquiatras é mais fácil “tratar” um psicopata do que um narcisista maligno porque psicopatas e sociopatas podem ter suas “habilidades” canalizadas para outras áreas, mas narcisistas SÓ CONSEGUEM FAZER sempre as mesmas coisas, só se alimentam de invalidar e destruir suas vítimas.

  8. Me encaixo nesse perfil, mas não dou me o título de narcisista 😒 Não sinto me narcisista, só sinto que até hj nunca encontrei ninguém capaz de compreender me! Até pq, é muito mais além desse universo.

    1. Não teria como afirmar se você é ou não porque você não é minha paciente. Mas uposso adiantar que uma pessoa REALMENTE narcisista nem sequer pensaria na hipótese, porque narcopatas se consideram pessoas perfeitas. O defeito está sempre nos outros.

  9. Ah ok, 26 anos de experiência. Como analisar uma pessoa de 28 anos de idade, mas parece ter vivido 50? 🤔 Me encaixando no perfil, mas obviamente não concordando com o termo narcisista! Espero resposta em breve , caso consiga, obviamente!

    1. Então, Sara, existe o termo “narcisista” que usamos coloquialmente e que significa “pessoa vaidosa”. Nesse sentido popular todos temos traços narcísicos. Porém na Psiquiatria (DSM-5) existe o Transtorno de Personalidade Narcisista (a pessoa portadora também é chamada de Narcopata ou Narcisista Maligna) que é uma pessoa que não possui uma determinada estrutura do sistema límbico e, portanto, é incapaz de sentir empatia por qualquer outra pessoa. Para afirmar que você é nacisista maligna, teríamos que analisar se você tem todos os sintomas indicativos.

  10. Perfeito seu texto fui casada com uma pessoa com o perfil narcisista.No início era como um príncipe,enviava flores para meu trabalho,me buscava todos os dias pontualmente na saída,me escutava.O sexo era muito bom,nunca vivido antes.Porem em pouco tempo,ele começou a andar pra baixo e me acusar de ser a culpada,quando me chamava para conversar,dizia várias coisas sem fundamentos,na maioria das vezes era falar que eu estava olhando para outros homens,com essa situação eu já não era eu mesma,tirou o meu brilho e minha alegria.Julgava a minha fé como não verdadeira, pois frequentavamos a igreja juntos.Falava que eu não era verdadeira nas minhas atitudes.Há essa altura eu não sabia mais o que fazer.Ele trazia os filhos dele para minha casa e só dava atenção a eles e eu ficava como uma babá cuidando delas.Por fim começou a viajar sozinho à trabalho,sendo q no início do relacionamento sempre eu o acompanhava.Eu não podia discordar dele em nada pois dava ataque de fúria e socava todo o console do carro.Me olhava sempre com olhar de reprovação,julgava todas minhas roupas como sensual mesmo sendo até o pé (ao conhecê-lo me vestia normal) e não podia mais frequentar academia.Ao final começou a não falar mais comigo,passava por mim como se eu não fosse nada,me dava um boa noite como se eu fosse uma desconhecida,era um tratamento muito estranho,estávamos sempre com a família dele e ele disfarçava pouco.Um belo dia ele disse que era. Para eu ir embora da casa dele após menos de dois meses de eu ter saído de minha própria casa para ter ido morar nessa outra a pedido dele.Teve relações normais comigo como se tivéssemos de boa e na manhã seguinte enviou uma msg de whatsapp reafirmando que eu deveria ir embora.Após isso não falava comigo nem por telefone e postou nas redes sociais um pôster dando a entender que tinha sido vítima de traição conjugal.Após mais um tempo,uns 5 meses tentou se reaproximar via contato telefônico eu já estava iniciando outro relacionamento e já estava com informações via inúmeras pesquisas de que ele tem o transtorno de personalidade narcisista.Hoje após um ano do fim do nosso relacionamento ele já se casou novamente e expôs em redes sociais.Eu por vez agradeço a Deus por ter tido esse livramento e penso que esses dois anos de sofrimento poderiam ter sido muito mais se não fosse a interferência de Deus em minha vida.Pois até pensamento suicida eu tive,logo eu uma pessoa tão alegre.Mesmo com tudo isso parece que sigo em processo de recuperação ainda.

    1. O processo de recuperação da pessoa que foi abusada por um narcisista é tão difícil e complicado que chamamos as pessoas de “sobreviventes de abuso narcisista”. Fica firme e se necessário, procura uma terapia breve.

  11. Mauro, percebia praticamente todas as características do transtorno em meu antigo parceiro, mas não tinha conhecimento do assunto. O “engraçado” é que ele não era omisso às suas questões internas, de ansiedade, de problemas com o pai autoritário, nem mesmo da dificuldade em amar e/ou identificar o que sentia em suas relações com as mulheres. Para entender e tratar dessas coisas ele fez terapia, reiki e até cogitou passar com um psiquiatra. É possível que seu comportamento narcisista seja mais uma questão de traumas passados e desvio de caráter que por ter, de fato, o TPN?

    1. A pessoa portadora de Transtorno de Personalidade Narcisista se relaciona com o mundo (não somente com a pessoa “amada”, mas todas as pessoas) através de um personagem. Como o papel preferido deles é o de vítima, é MUITO comum o narcisista se apresentar como depressivo, ansioso, como alguém om síndrome do pânico ou transtorno de ansiedade generalizada. Usam inclusive essas histórias para justificar seu comportamento instável.

    2. Me relaciono com uma pessoa que possuiu traços narcisistas, porém me peguei lendo muitos textos, assuntos e tenho passado com a minha terapeuta também. Recentemente eu e minha parceira tivemos um desentendimento muito grande. E ela não deixou de assumir sua culpa nos erros e ainda disse que quer se tratar. Por que acho que tem muitos traumas de infância (e tem mesmo) e que é por isso que ela tem uns jeitos diferente de lidar. Estou a dois anos com ela, ela oscila bastante, mas nunca me deixou por outra pessoa, tá sempre comigo, sempre quer estar comigo. As oscilações, acredito eu, por conta de todos problemas que passamos, financeiro, filho, trabalho, mudança de estado.. e mesmo assim, não me largou, apenas senti cansaço físico e emocional.
      Mas depois dessa briga, contei para minha psicóloga e ela disse que minha parceria seria narcisista.. Mas ela nem ao menos teve mais acesso ao histórico dela. Sera Que pode ter sido um diagnóstico precipitado? Ou o jeito narcisista as vezes não é preciso falar muito pra saber..
      Ler tudo que li, é cruel demais. Não só pra que é vítima, mas também pra que é o narcisista, saber que ele nunca será de verdade. Quero acreditar que ela não seja isso.. ainda não estou preparada para deixá-la.e saber que isso não tem cura me deixa pior ainda.
      Mas me apeguei na esperança dela realmente querer começar terapia e tratar seus traumas, seus jeitos…

      Traumas de infância (rejeição, abuso..) podem
      Deixar uma pessoa com traços narcisista? Mas esses casos podem ter cura/evolução?
      Obrigada

      1. Eu, como terapeuta, não faço diagnósticos de quem não é meu paciente (maridos, esposas etc…), Beatriz. Mas não tenho como avaliar sua terapeuta pelo mesmo motivo.

        Se o paciente já me traz o diagnóstico dado por outro profissional (psicólogo ou psiquiatra) que TENHA EXAMINADO A TERCEIRA PESSOA, nesse caso foco meu trabalho na recuperação da vítima.

  12. O Narcisista com quem me envolvi, não fala comigo desde Julho do ano passado, ou seja: há 11 Meses. Em alguns artigos que li, dizem que eles voltam. Bom… no meu caso até agora não voltou… será que volta mesmo???
    Outra dúvida, ele não fala comigo, eu mandei mensagens e ele não respondia… até que depois de algumas mensagens sem respostas, resolvi não mandar mais. ou seja: parei! aí me expliquem: Se ele não quer mais falar comigo, porquê que ele não me bloqueou no whatsapp? eu sempre vejo ele online no whatsapp. por quê que ele não me bloqueia de vez?

    1. A pessoa narcisista só não retorna quando encontra uma “vítima melhor”, ou seja, alguém mais reativo, mais manipulável e emocionalmente mais instável. Narcisistas, ao contrário de psicopatas, NÃO CONSEGUEM VIVER sem ter uma vítima, sempre trocando de pessoa para pessoa e só se esforçam para manter relacionamento com pessoas muito fracas. Por isso é tão comum o casamento de borderlines com narcisistas.

  13. No meu trabalho eu namorei uma pessoa que parecia maravilhosa, fez de tudo pra que eu acreditasse nos sentimentos dela, depois de 2 meses mudou comigo, ficou frio e distante até que terminou comigo dizendo que não tinha mais química entre nós. Eu sofri muito e me afastei, depois de 1 mês a pessoa volta dizendo que sentia a minha falta e ficava tentando me reconquistar até que eu enfraqueci e voltei, mas novamente ele mudou comigo, ficou frio e distante e eu voltei a sofrer novamente até que ele começou a dá em cima da minha colega de trabalho, eu comecei a perceber que ela estava ficando balançada com ele. Eu fiquei arrasada, doía na alma, sofri tanto que tive que tomar calmante e antidepressivo, pois não tinha mais ânimo pra nada, me senti um lixo, até hoje quando lembro dessas coisas ainda dói, parece que ficou uma ferida na alma, isso já faz anos mas ainda doi

    1. É típico de pessoa narcisista esse comportamento, é automático e maligno. Eles SEMPRE seguem as mesmas fases, como robôs. Muitos livros sobre o tema se referem a eles como “ciborgues narcisistas”. Sugiro que faça terapia para se fortalecer.

  14. Quase 25 anos casada com um narcisista. É só fui descobrir que ele possui esse transtorno agora. Ele é uma pessoa altamente egoista e ditadora. Quer que tudo seja do jeito que ele quer. Se acha superior e gosta de humilhar a mim e aos nossos filhos. Ele está sempre certo, e nada que façamos o agrada. Não me dá amor, carinho e nem atenção, diálogo? Nem pensar! Dessa forma fui me afastando dele, deixando de tentar agradá-lo. Aí foi que tudo piorou. Ele não aceita meus posicionamentos, opiniões, quer mandar até no que eu como, no que eu falo, todo dia fala que eu tenho que mudar pra ele mudar também. Tem ciúmes de mim com meu genro. Não quer que nosso filho se dedique aos estudos, e sim que vá trabalhar com ele. Passa 24 horas reclamando pq trabalha, diz que os problemas dele são diferentes dos problemas das outras pessoas e por isso ele pode ser bruto, ignorante e revoltado. Ninguém em casa pode se irritar, pq ele fala que não fazemos nada, que não temos problemas e que só ele pode. Não temos momentos em família, não dá atenção aos filhos, pelo contrário, é intrigado com os 2 mais velhos. Nem olha no rosto deles. Pois não aceita ser contrariado. Ele não tem relacionamento com os pais, nem com o irmão. Financeiramente, ele é bem sucedido, e usa dinheiro para agradar as pessoas de fora para que elas o bajule. Enquanto deixa faltar as coisas necessárias dentro de casa. Não sei nada da vida dele. Nem avisa quando vai sair. Enfim, eu não tenho mais psicológico que preste. Perdi toda auto estima, não me arrumo, não saio, não tenho amizades, por mim nem me levantaria de manhã. O melhor momento da minha vida é quando estou dormindo. Me odeio por ter me envolvido com ele, e principalmente por ter feito ele pai dos meus filhos. Ter escolhido uma pessoa tão ruim para eles. Não tenho perspectivas para meu futuro. Aliás, não sei nem se terei um futuro. Já pensei em tirar minha vida várias vezes, não fiz pq penso nos meus filhos, principalmente o que tem 7 anos.

    1. Leva tempo para identificarmos mesmo. Atualmente há muitas informações disponíveis, então está um pouco menos difícil. Mas tenho várias pacientes que demoraram, mesmo em terapia, pra aceitar que seus maridos eram narc.

    2. Amanda, vc tem que se separar dessa pessoa urgente e reconstruir a sua vida.
      Passei recentemente por isso, sei o quanto é sofrido, nao deixe essa situação se estender mais, por vc e pelos seus filhos.

  15. O narcisista ama seus filhos?
    Minha esposa apresenta alguns desses comportamentos, más com nossos filhos não , ela se preocupa até com um simples resfriado que eles tenham
    E sempre pensa no melhor para eles

    1. Algumas pessoas não tem o Transtorno de Personalidade Narcisista, não são malignas, mas APRENDERAM NA INFÂNCIA alguns comportamentos narcísicos. Pra poder ter certeza do diagnóstico, teria que ter uma sessão com ela. Mas me parece ser a segunda opção.

  16. Já estou tentando convencer ela a procurar ajuda profissional, pois amo demais nossos filhos.
    Mais se não vê melhoras ou ela se recusar a procura ajuda profissional vou me separar
    Pois é impossível conviver com uma pessoa assim.
    Obrigado pela atenção , e parabéns por essa atitude de passar um pouco do seu conhecimento para quem precisa.

      1. Me envolve com uma pessoa. Que no início era uma pessoa maravilhosa,mas falava para mim não ficar dando satisfação das nossas vidas para ninguém, deixou eu contar nada para minha família e nem amigos, e queria mais que tudo sexo, e nunca queria me assumir, quando eu pare de fazer as vontades dele, ele começou me dá desprezo e falou que estava afim de outra, e começou a dá atenção para essa pessoa na minha frente. Falou para eu seguir minha vida que não ia querer mais nada comigo, pq estava afim de garota. Isso é o que ? Foi o pior sofrimento em toda minha vida, e ainda falou que eu era muito estranha, que não casou comigo por causa de mim mesmo, que estava frustado por causa de algumas coisas que viu em mim

  17. Olá Bom dia Mauro Pennafort
    Sou vítima de um narcisista, descobri na semana passada.
    O relacionamento foi curto, entretanto, percebo que fez um estrago em mim.
    Você é especialista na área, gostaria de saber sua formação e saber se faz atendimento à distância.
    Grata

  18. Minha ex aparentemente é narcisista, quando ela sentia ciúmes fingia estar tudo bem, mas pouco depois dava o troco. Ela tinha comportamentos inadequados de maneira que eu via ser proposital para me causar ciúmes de maneira intencional e me deixar inseguro.
    Ela afirmava ser diagnosticada com boderline, porém é muito egocêntrica, egoísta e nunca aceita estar errada.
    Quando terminei, ela inventava motivos para me encontrar.
    Ela tem fixação com aparência, auto-imagem e validação social, principalmente na internet e na frente de amigos de rolê.
    Ela se queixava de negligência na infância por parte dos pais, chegou a admitir que tinha baixa auto estima, se achava feia, mesmo sendo uma mulher muito bonita.
    Também reclamava de insegurança quanto ao relacionamento, e parecia paranóica de medo de ser traída, certa vez achou que eu estava traindo ela com uma ex, ficou super nervosa, fumando um cigarro atrás do outro, mãos tremendo e chorando. (Tudo por uma história que nem fazia sentido).
    Ela se afunda em álcool, cigarros e festas (o principal motivo do nosso término).
    Cheguei a oferecer para irmos a um terapeuta, mas ela sempre se esquiva.
    A mãe dela relatou para mim que ela abandonou terapia e que nunca consegue se firmar em relacionamentos.
    Ela era extremamente individualista, depois do término, disse e fez coisas extremamente cruéis que me assustaram muito.
    Certa vez vi um tweet dela que dizia: “parando para refletir, sempre fui a tóxica dos meus relacionamentos mesmo”.
    Tenho muita pena dela por ela ser assim, sofrer tanto, mas me afastei pq não adianta nada eu ficar doente tbm.

  19. Li alguns comentários e percebi que a maioria das relações são conjugais.
    Pois bem, a pouco tempo, através da minha filha, desconfiei que a minha mãe tinha todo os “sintomas” de um narcisista.
    O estrago feito é enorme, não só em mim, mas o que é pior, na minha filha.
    A situação em que me encontro, é muito delicada e complicada.
    O estrago é tão grande, que não consigo me expressar, desculpa…
    Mas, obrigada pela informação, agora tenho certeza do que ela é.

    1. A mãe narcisista provoca traumas dificílimos em seus filhos. É um processo que, embora passe pelas mesmas etapas do amor conjugal, acontece de uma forma específica de modo a tornar o(s) filhos(s) incapacitados para muitas coisas. Vou escrever um artigo sobre mães narcisistas, Amaral. Obrigado!

  20. Meu marido apresenta alguns dessas características de narcisista, mas em alguns momentos parece que ele tem empatia, não sei se é uma simulação.
    Por exemplo, tenho observado que em alguns aspectos que ele se acha bom, se acha demais, melhor que outras pessoas. Eles é jeitoso com as coisas em casa, então pra ele ele é melhor que os outros e chega a ofender e tratar mal quem não faz as coisas como ele, ou que ele não ache bom.
    Sinto que ele finje muito, aparenta ser uma coisa, fala que vai mudar, fala que vai ser diferente, fala que não vai mais achar ruim daquilo que ele achava, mas depois parece que a máscara cai e ele age pior do que antes, ofende, maltrata, age de forma explosiva e é impulsivo.
    Em alguns momentos aparenta ter empatia, sente dó de alguém, até mais do que outras pessoas que sentem mais empatia. Em outros, não tem empatia nenhuma. Parece que só enxerga seus próprios interesses. No sexo, se não é a hora que ele quer, não gosta e se afasta, querendo me punir.

  21. Eu li todo esse artigo e fiquei surpreso, pois me identifiquei 100% achei que o problema eram as pessoas que eu me relacionava, mais no fim o problema sempre foi eu, infelizmente não consigo ter sentimentos por nenhuma mulher, até tento mais estou sempre enganando a mim mesmo , isso é ruim de mais, mais me tornei assim depois de ter vivido um casamento de 4 anos , onde eu me entreguei de corpo e alma e fui traído, depois disso nunca mais conseguir ser o mesmo, pois a dor foi tanta que fiquei anestesiado me privei de sentir algo com tanta raiva e rancor que no fim realmente acabei virando uma pessoa narcisista !!!

    1. Normalmente o tipo de trauma que causa o transtorno de personalidade narcisista acontece até os 4 anos. Me parece que você desenvolveu alguma disfunção em relação à segregação da ocitocina devido à decepção amorosa. Um narcisista de verdade é uma pessoa ruim que gosta de impingir DOR emocional ou até física nos outros, não uma pessoa “anestesiada”.

  22. Descobri a pouco tempo que minha ex namorada apresenta gdes chances de ter esse transtorno. Cansei de brigar por peqenas mentiras, pela eterna esquiva da parte dela.em assumir os erros grosseiros, inclusive de distorcer grosseiramente a realidade p me culpar de absolutamente tudo! Manipulava as amigas p engrossar o caldo, e acreditei realmente que ela me amava, mas agora na fase de rejeição, lendo e relendo conversas antigas, isso fica mt claro. O pouco de ctt q ainda tenho com ela é p expor sempre o que ela perdeu, apesar de ela estar aliciando as proximas vitimas, por mais q ela negue. Mt esclarecedor esse texto, parabens!

  23. O Narcisista não se importa quando vê a amante com outra pessoa. Ele age como se estivesse com raiva e depois volta a ficar normalmente como se nada tivesse acontecido. Isso é real ou ele sente algo por ver a pessoa com outro e finge que não está nem aí pra nada?!

    1. Isso depende fortemente do personagem que o narcisista esteja encenando, Elloyse. Se o personagem for ciumento, ele vai EXPRESSAR o ciúme, se for um personagem desapegado, tentando parecer um Peaky Blinder, vai FINGIR que não sente nada (e vai fingir tão bem que parece verdade). Mas o narcisista é sim possessivo, PORÉM se ele perceber que não demonstrar ciúme machuca muito a vítima, ele vai esconder o ciúme a qualquer custo justamente para provocar dor.

  24. Lying ”victims”, accept that in fact it is you who are to blame and not us. you really deserve to suffer, and all of you deserves it.

    Translation/Tradução:

    ”Vítimas” mentirosas, aceitem que na verdade são vocês os culpados e não nós. e você realmente merece sofrer, todos vocês merecem.

  25. O narcisista acredita de vdd no personagem dele ou ele sabe exatamente o que está fazendo com a vitima? Quis dizer se eles percebem que estão atuando, ou eles sentem os sentimentos da atuação quando esta acontecendo diferente dos psicopatas? Pelo que entendi ele busca o controle da vítima e quando consegue convencê-la ele começa a tratá-la mal. Eles sentem algum prazer nisso? Pelo que li acima as vitimas são presas, os narcisistas não querem ficar, não querem terminar, só querem alguém que possam manipular e “jogar”. Eles sentem algum prazer nisso? E quando são mães?

    1. Se o narcisista tiver completa noção do que está fazendo, já não é mais narcisista, é psicopata. Mas é inegável que narcisistas sentem muito prazer em provocar a dor, embora mantenham a auto ilusão de um ego “normal”.

  26. Olá, como vai? Me relaciono com uma pessoa há 1 ano e 6 meses, sempre identifiquei um traço de manipulação de parte dele e recentemente após algumas leituras e vídeos, chego a pensar que se trata de um narcisista.
    No início do relacionamento tudo foi realmente perfeito, sempre se mostrou uma pessoa muito disponível, sempre atento às minhas necessidades, sempre muito presente. Depois de um tempo, começaram os distanciamentos sem nenhum motivo, as mensagens não respondidas, a manipulação com relação às situações que vivíamos, sempre com o intuito de me culpar por essas situações. As desculpas eram sempre as mesmas: eu fiz isso porque você fez aquilo. Nunca assumia a sua própria responsabilidade. E eu, apesar de ter consciência dessa manipulação, sempre tentando compreender o porquê de tudo ter chegado neste ponto, sempre pisando em ovos para não chateá-lo ou causar uma situação que pudesse ser desgastante para nós, afinal na minha cabeça eu jamais viveria esse sentimento tão intenso com alguém outra vez. Passamos a viver num looping infinito, semana após semana términos e reconciliações, onde por alguns momentos ele se tornava o homem perfeito do início, e de repente tudo desabava novamente sem que eu nem entendesse o porquê. Muitas vezes os desentendimentos ocorriam por uma mensagem do WhatsApp que não consegui responder ou enviar imediatamente, por ter aceitado o convite de alguém no Instagram ou por estar online na plataforma. Nosso último afastamento se deu no último dia 12 de maio, meu aniversário, quando ele se ausentou durante todo o dia e no fim do dia apareceu em minha casa para discutir e me acusar de não ter dado atenção a ele naquele dia, sendo que era um dia em que ele quem deveria ter se feito presente e nem uma mensagem decente de parabéns me mandou. Atualmente está me procurando, dizendo que irá fazer tudo diferente, que não consegue viver sem mim, que entende o quanto errou e que irá procurar terapia, já que num impulso após minha leituras eu disse que ao meu ver ele ter o transtorno de personalidade. Sigo aqui tentando seguir minha vida, mas sou muito teimosa e mesmo achando que ele tem o transtorno e sabendo que não tem solução, gostaria de poder ajudá-lo, saber que é algo sobre o qual ele não tem controle me deixa realmente triste. Pelo meu relato, acha que se trata realmente de um narcisista? O que devo fazer? Ficaria muito grata se pudesse me retornar.

    1. Obrigado pela confiança.

      Tudo indica que se trata sim de um narcisista.

      Somente por uma descrição em um comentário não posso fechar um diagnóstico, mas o que fica claro é que a sua relação é certamente de codependência em que você faz o papel mais fraco, de vítima, a maior parte do tempo (a não ser quando ele está tentando induzir culpa).

      Seria bom você fazer algum tipo de terapia para se fortalecer e planejar estrategicamente sair da relação.

    1. Esquizoides não se relacionam com ninguém, diferente dos psicopatas que podem se relacionar sem problemas para conseguir seus objetivos e muitas vezes têm grande habilidade social. Inclusive o Transtorno de Personalidade Esquizoide e o Transtorno da Personalidade Antissocial (Psicopatia) estão em categorias diferentes no DSM e tem CIDs diferentes.

      1. Permaneci por 3 anos e 1 mês com uma narcisita. Passei por todo ciclo de abuso narcisita. Loving Bombing, desvalorização, descarte. Não entedia o que estava vivendo, uma sensação de cansaço, desgate, indisposição. Ela me fazia sentir ciumento e aceitar situações que não enxergava quando estava no relacionamento. Todas a vezes que tentei sair do relacionamento a mesma fazia um jogo de manipulação com choro e juras de amor, mas eram somente palavras… Não havia mudança nas atitudes. Foram vários tratamentos de silêncio e indiferença, enquanto isso me sugava financeiramente e emocionalmente. Em 6 meses juntos, devido aos jogos para me fazer ciúmes e triangulações, cheguei a surtar e ter depressao, sendo necessário fazer uso de medicamentos psicotrópicos para me recuperar. Após isso comi o pão que o diabo amaçou com os tratamentos de silêncio, isolamento dos amigos e família, me sacrifiquei muito para dar uma vida confortável para ela, mas nunca era o suficiente. Mesmo ganhado razoavelmente bem, vivia endividado. Jurava não ser capaz de me trair, e era justamente o que estava fazendo, os últimos 8 meses foram de intensa desvalorização e por fim o descarte. Levou todas a coisas que havia comprando, dei todo suporte para ela seguir a vida dela, pagando aluguel, e outras coisas. E na mesma semana que se mudou assumiu noivado com a nova vítima. Estou em contanto 0 e buscando me reerguer e voltar a ser a pessoa que era antes desse relacionamento. Fui muito inocente, negligenciei muitas bandeiras vermelhas, algumas que tenho até vergonha de falar… Sai dessa loucura sem autoestima, com a essência perdida, cansado e frustrado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *